SÍNDROME DE BERARDINELLI-SEIP E CONDIÇÃO DE SAÚDE ORAL: RELATO DE SÉRIE DE CASOS

Annie Karoline Bezerra de Medeiros, Arthur Costa Rodrigues Farias, Kenio Costa de Lima, Hallissa Simplício Gomes Pereira

Resumo


Introdução: A lipodistrofia generalizada congênita, também conhecida como Síndrome de Berardinelli-Seip (SBS), é uma condição autossômica recessiva rara caracterizada pela ausência quase total de tecido adiposo subcutâneo desde o nascimento. As características metabólicas, fisiológicas, bioquímicas e genéticas da SBS são amplamente divulgadas entre a comunidade científica. No entanto, existem poucos estudos sobre as possíveis condições bucais associadas a esta síndrome. Objetivo: Avaliar a condição de saúde bucal de um grupo de indivíduos portadores da Síndrome de Berardinelli-Seip e identificar a ocorrência de possíveis alterações orais, relacionadas ou não à condição sistêmica. Métodos: Avaliação da condição de cárie e necessidade de tratamento, grau de edentulismo e condição de saúde periodontal, por meio de métodos preconizados pelo Projeto SBBrasil 2010, aplicado a nível nacional, em 33 pessoas diagnosticadas com SBS em um estado brasileiro. Resultados: o CPO-D médio encontrado foi de 16,7. A média de dentes cariados correspondeu a um valor de 4,9 e a média do número de dentes perdidos correspondeu a 6,4. A condição periodontal revelou presença de sangramento gengival em 61% dos sítios avaliados, cálculo dentário em 35% e bolsa rasa em 6 sítios dos 54 avaliados no total. Conclusões: alta prevalência de sangramento gengival, refletindo uma condição de gengivite entre os participantes, afirmada também pela ausência de casos avançados de periodontite. Além disso, foi verificado um alto CPO-D e baixo grau de edentulismo.

Palavras-chave


Lipodistrofia Generalizada Congênita; Saúde Bucal; Cárie Dentária; Doenças Periodontais

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.